São Paulo - Para muitos, um gênio visionário, o melhor executivo vivo. Para outros, aquele que transformou a Apple num monopólio centralizador de produtos e informações. O que todos concordam é que Steve Jobs ajudou a criar uma nova cultura de consumo mundial, com seus produtos de tecnologia pessoal de ponta.

Ele renuncia nesta quarta-feira deixando um legado de impresssionantes sucessos, que chegaram render para a Apple o posto de empresa com maior valor de mercado do mundo em julho - mais que a multinacional petrolífera Exxon. Também este ano a a Apple liderou o ranking de marcas mais preciosas, deixando para trás gigantes como Coca-Cola e Google.

De marca pessoal, Jobs deixa também a imagem de líder carismático e orador exemplar. Veja a seguir uma lista dos discursos mais famosos em sua carreira como CEO. Da apresentação do primeiro Macintosh, passando pelo seu triunfal retorno à Apple em 1997, aos lançamentos do iPod e do iPhone, e finalmente até o clássico discurso na universidade de Stanford (logo após seu  diagnóstico de câncer). Para ele, as expectativas das pessoas sempre foram altas, e devem continuar.

- Discurso na Universidade de Stanford,  em 2005

- Lançamento do iPhone, em 2007


- Lançamento do primeiro Macintosh, em 1984

- Lançamento do iPod,  em 2001

- O retorno à Apple, em 1997

- Lançamento da iTunes Store, em 2003

- Lançamento do iPhone, em 2007

Tópicos: Apple, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, iPad, Tablets, iPhone e iPad, iPhone, Smartphones, Celulares, iPod, Steve Jobs, Personalidades, Empresários