São Paulo – O Instagram anunciou neste mês uma mudança que desagradou os usuários do seu aplicativo: o fim da exibição de publicações em ordem cronológica. Em breve, a linha do tempo do app será como a do Facebook, ou seja, será montada com base em um algoritmo que tenta prever o que você vai gostar – e o restante aparecerá fora de ordem de cronológica.  

Por conta dessa mudança, mais de 290 mil internautas assinaram uma petição direcionada ao Instagram, solicitando que o app permaneça como é hoje.   

De acordo com a rede social, em média, 70% do conteúdo apresentado nas linhas do tempo dos usuários não é visto. Por isso, a empresa optou pela mudança na forma de exibição.

A ideia é que você sempre veja a foto de uma pessoa com a qual interage com frequência, mesmo que a publicação seja feita na noite anterior e você só abra o app depois do meio-dia do dia seguinte, por exemplo. 

Além da petição, diversos usuários do Instagram pedem que seus seguidores ativem um recurso do app que envia notificações cada vez que um novo conteúdo vai ao ar.  

O Instagram ainda não se pronunciou sobre o caso, mas a mudança na linha do tempo ainda está em fase de análise – e a empresa disse que ouviria sugestões dos seus usuários.

O Brasil é um dos cinco maiores mercados do Instagram no mundo. No total, o app de fotos tem mais de 400 milhões de usuários ativos, o que é menos da metade do que tem o WhatsApp.

Tópicos: Apps, Instagram, Empresas de internet, Internet, Redes sociais