São Paulo - Os consumidores estão gastando mais em lojas de aplicativos neste ano do que nos últimos três anos combinados, segundo uma pesquisa da IHS divulgada nesta quarta-feira (16).

Até o final deste ano os consumidores de todo o mundo irão gastar US$ 15,5 bilhões na compra de aplicativos. O valor é superior ao total combinado dos anos 2010, 2011 e 2012.

Segundo a pesquisa, somente em 2013 serão baixados quase 90 bilhões de aplicativos para smartphones e tablets. Para efeito de comparação, apenas em 2012 foram registrados 49 bilhões de downloads de apps.

A Apple e o Google detêm a liderança no fornecimento de apps em praticamente todos os países, conquistando mais de 85% dos gastos globais com aplicativos.

Entre as categorias, os games ainda despontam como os principais aplicativos adquiridos pelos usuários. Jogos como Candy Crush, Clash of Clans e Hay Day lideram a lista.

De acordo com a pesquisa, o principal motivo para este crescimento é a contínua adoção de smartphones e tablets. Até o final de 2013 espera-se que existam mais de 2 bilhões destes dispositivos em uso em todo o mundo.

A pesquisa também cita as compras in-app (a partir do próprio aplicativo) como o modelo dominante de negócios para desenvolvedores e registra mais de 80% dos lucros obtidos pelos apps.

A publicidade também representa uma considerável fatia desse lucro para os desenvolvedores. De acordo com a pesquisa, até o final de 2013 os anúncios irão representar cerca de US$ 6 bilhões desse total.

Tópicos: Apps, Smartphones, Indústria eletroeletrônica, Tablets, Tecnologia, Tendências