Aguarde...

Ordem judicial | 12/11/2011 13:51

Twitter terá de fornecer dados do WikiLeaks

Monica Campi, de

Wikimedia Commons

Bandeira com logo do Wikileaks

O caso teve início em janeiro quando o governo americano intimou o Twitter a fornecer as mensagens privadas trocadas por Julian Assange com outros membros da organização

São Paulo – Um juiz federal dos Estados Unidos ordenou que o Twitter fornecesse os dados de três contas do microblog por possível conexão com o WikiLeaks.

A decisão judicial rejeitou o apelo feito pelos três usuários das contas, que argumentam que o número de seus endereços IP deveriam ser considerados privados.

Os usuários das contas – Jacob Appelbaum, Rop Gonggrijp e Birgitta Jonsdottir – divulgaram a situação no Twitter.

Gonggrijp, que é um cidadão holandês, afirmou em seu blog que a decisão ignora a privacidade na internet. Já Jonsdottir, uma ativista islandesa, afirma que desta forma o governo americano tentará obter acesso irrestrito aos dados de qualquer usuário. Único cidadão americano na lista, Appelbaum colocou em seu Twitter que perdeu a fé no sistema judiciário de seu país.

O caso teve início em janeiro quando o governo americano intimou o Twitter a fornecer as mensagens privadas trocadas por Julian Assange, fundador do WikiLeaks, com outros membros da organização.

Em março um juiz federal cedeu o acesso a essas contas e mesmo após inúmeras apelações, o juiz Liam O`Grady liberou as informações, alegando que a política de privacidade do Twitter prevê o acesso aos dados em caso de solicitações legais.

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados