O Twitter está montando uma nova função que vai permitir aos usuários postarem tweets de até 10 mil caracteres, bem acima do limite atual de 140 caracteres, segundo reportagem do site de notícias de tecnologia Re/code de terça-feira.

Uma expansão do limite para 10 mil caracteres vai permitir que um tweet tenha mais de 1 mil palavras, incluindo espaços e pontuação. Para efeito de comparação, o discurso de posse do presidente John F. Kennedy tinha 1.366 palavras.

O Twitter pode lançar o serviço por volta do final do primeiro trimestre, mas não definiu uma data oficial, disse o Re/code, citando fontes familiarizadas com os planos. Eles disseram que o limite de caracteres pode mudar antes da versão final do produto ser lançada.

O cofundador da empresa Jack Dorsey, que voltou como presidente-executivo em outubro, disse pelo Twitter que a companhia tem visto mais pessoas compartilhando screenshots de textos, que é uma maneira de contornar o limite de 140 caracteres.

"Não teremos vergonha de desenvolver mais utilidades e poderes dentro do Twitter para as pessoas", escreveu Dorsey em um screenshot de texto com mais de 140 caracteres.

Tópicos: Estratégia, Gestão, Internet, Redes sociais, Twitter, Empresas, Empresas americanas, Empresas de internet