São Paulo – Um truque no Facebook permite saber quando os seus amigos foram dormir. Foi isso que descobriu um desenvolvedor de software dinamarquês, que conseguiu extrair informações sobre a atividade dos usuários do aplicativo Messenger no site dedicado exclusivamente ao bate-papo da rede social

Por causa da frustração de sua namorada com a exposição de quando ela está online no serviço, Søren Louv-Jansen resolveu investigar o quanto poderia descobrir sobre uma pessoa no chat do Facebook. 

Louv-Jansen, então, criou uma ferramenta que coleta dados de atividade de seus amigos no Messenger. Com base nessas informações e no resultado de uma pesquisa de 2013, que mostra que 79% dos usuários do Facebook acessam a rede social pouco antes de dormir e logo que acordam, ele pôde descobrir quando os seus amigos foram para cama ao longo da semana.  

Ele obteve o seguinte trecho de código: 

“lastActiveTimes”: { “3443534”: 1456065265, “675631492”: 1456066386, “8657643”: 1456062331, “255277634”: 1456052450, “6423324”: 1456065173, “235323452”: 1456065096, “3265233223”: 1456066381, “2432885644”: 1456064016, “7464340313”: 1456062500 } 

O que significa:  

Peter esteve ativo em 21 de fevereiro de 2016 15:34:25. — John Doe esteve ativo em 21 de fevereiro 2016 17:15:11. — Elizabeth esteve ativa em 21 de fevereiro de 2016 10:09:55... 

O desenvolvedor de software conta, porém, que ele obteve sucesso total nesse monitoramento em 30% dos casos e sucesso parcial nos 70% restantes. 

O código da aplicação utilizada por Louv-Jansen foi compartilhado na web

A ideia do desenvolvedor não é permitir que outras pessoas monitorem seus amigos, mas, sim, que todos saibam que é possível fazer isso.  

"Eu não quero dizer que o Facebook é mau. Isso é só um efeito colateral do que eles estão fazendo", afirmou Louv-Jansen ao Washington Post. 

A rede social chegou a contatar o desenvolvedor para informá-lo que sua prática era contra os seus termos de serviço e para pedir que ele não encorejasse outras pessoas a fazer o mesmo que ele. 

O processo de visualização de dados foi demonstrado em um vídeo. Veja a seguir. 

Tópicos: Facebook, Redes sociais, Empresas, Internet, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Empresas de internet, Segurança