São Paulo – A bateria dos smartphones atuais tem duração máxima de 14 horas, de acordo com testes de uso intenso realizados no INFOlab. Mas a maioria dos aparelhos não pode passar mais de 10 horas longe de uma fonte de energia.

Alguns ajustes simples ajudam a economizar a bateria do seu smartphone para que você não fique na mão na hora que precisar dele. 

Confira a seguir três mudanças que você pode fazer no seu dispositivo com sistema Android e outras três para quem usa iPhones.

Android

Apps que gastam sem necessidade – No Android, assim como no iOS, muitos aplicativos pedem permissão para que tenham acesso à internet quando quiser. A questão é que, com isso, muitos apps acabam sincronizando dados na web, o que, ao mesmo, gasta o pacote de internet móvel do usuário e consome bateria do celular.

Uma das maneiras mais simples de resolver esse problema é instalando um app chamado Opera Max. Gratuito, ele além de comprimir todo o seu tráfego de dados – com criptografia –, também oferece uma aba que chamada "Gerenciar aplicativos" que permite selecionar, em uma interface intuitiva, o que vai ou não poder acessar a internet utilizando dados móveis.

Brilho automático de tela – Desligar o brilho automático da tela do seu smartphone Android também pode ajudar a poupar bateria. Regular o brilho da tela conforme necessário por conta própria não é difícil (fica ali na barra superior do sistema). Quanto menos iluminação você usar, melhor será para a bateria. A tela é um dos componentes que mais consome energia – ainda que o display seja Amoled. Por isso, aliás, reduzir o tempo que o visor fica ligado até o bloqueio automático para 30 segundos ou um minuto também ajuda.

Desligue o GPS – Se você precisa de bateria e não tem o hábito de usar com frequência Waze, Snapchat ou serviços de previsão do tempo com geolocalização, desligue o GPS do seu smartphone. Há um atalho para isso também na barra superior do sistema. Essa recomendação, a propósito, também é útil nos iPhones.

iPhone

Atualizações em segundo plano – Desligar as atualizações de aplicativos em segundo plano no iOS é uma das coisas que mais poupa a bateria de um iPhone. O processo é simples, apesar do tempo de execução variar de acordo com a quantidade de apps instalados no seu gadget você tiver. Vá ao menu ajustes, selecione a opção Geral e entre no sub-item chamado Atualização em segundo plano. Lá, desligue tudo que considerar desnecessário que tenha sincronização de dados constante com a web.

Modo de economia – Se você tem um iPhone com sistema iOS 9, você pode utilizar o modo pouca energia para fazer a bateria do aparelho durar mais. Segundo a Apple, isso aumenta a duração da carga em até três horas. Toda vez que a bateria atinge 20%, o sistema sugere ao usuário ativar esse recurso de economia, mas ele é desligado automaticamente quando a carga ultrapassa os 80%. Sempre que o percentual de bateria estiver abaixo desse valor, você pode ativar o modo pouca energia indo ao sub-item chamado Bateria no menu ajustes do iOS 9.

AirDrop – O AirDrop é um recurso que permite transferir fotos e outros arquivos para outros iPhones, desde que eles estejam por perto. No entanto, essa função, se ativa, pode gastar bateria sem necessidade. Para desligá-la, vá à central de controle, que aparece quando deslizamos o dedo de baixo para cima na tela em qualquer ponto do sistema. Ligue o recurso somente quando for utilizá-lo.

Tópicos: Google, Android, Celulares, Indústria eletroeletrônica, iOS, iPhone, Smartphones, iPhone e iPad