São Paulo - O CEO da Apple, Tim Cook, está visitando a China, maior mercado consumidor mundial e país líder em número de usuários de internet.

A visita foi relatada por usuários do Weibo, o Twitter chinês, que publicaram fotos de Cook em uma Apple Store no distrito de Xidan, em Pequin.

Essa é a primeira vez que um CEO da Apple vai à China, apesar de não ser a primeira vez de Cook no país. Durante a gestão de Steve Jobs, ele era enviado frequentemente para resolver crises com a Foxconn. Na biografia “Steve Jobs”, o autor Walter Isaacson relata que certa vez Cook viajou apenas com a roupa do corpo, indo do escritório direto para o aeroporto.

Segundo o site China Daily, Cook teria ido ao país para negociar detalhes de uma parceria com a operadora China Telecom, que começou a vender o iPhone 4S este mês. Além disso, ele iria se encontrar com executivos da China Mobile, maior operadora do país, também a fim de traçar um acordo de distribuição do aparelho.

Uma diferença técnica entre o padrão de 3G do iPhone e o ofertado pela operadora trava uma parceria entre as empresas.

Hoje, a Apple conta apenas com cerca de 7,5% do mercado chinês de smartphones contra 24,3% da Samsung, segundo números do Gartner.

Tópicos: Apple, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Ásia, China, iPhone, Smartphones, Celulares, iPhone e iPad, Tim Cook