O app Snapchat, que apaga mensagens automaticamente depois de serem visualizadas, recusou uma proposta de compra do Facebook de US$ 3 bilhões, segundo informações do jornal The Wall Street Journal. 

De acordo com as informações, o Snapchat teria recusado a oferta por considera-la baixa. O Facebook teria oferecido os US$ 3 bilhões em dinheiro para comprar a empresa.

Além disso, segundo o jornal, o CEO do Snapchat, Evan Spiegel, não irá considerar nenhuma oferta de compra até meados do ano que vem.

A expectativa do CEO é que o rápido crescimento do Snapchat eleve ainda mais o valor da empresa. Atualmente, o aplicativo possui pouco mais de 100 milhões de usuários e cerca de 350 milhões de imagens enviadas diariamente pelo serviço.

Antes mesmo da agressiva oferta, o Facebook tentou abocanhar o sucesso do Snapchat ao lançar o app Poke. O programa não foi bem recebido pelos usuários e caiu em desuso.

Tópicos: Facebook, Redes sociais, Empresas, Internet, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Empresas de internet, Fotografia, INFO, Software