A Swatch Group AG planeja lançar três smartwatches neste ano, incluindo um no próximo mês para a marca Tissot, enquanto a companhia suíça se acotovela com a Apple Inc. e a TAG Heuer no mercado por dispositivos de vestir que fazem mais do que mostrar as horas.

“A Tissot vai apresentar um smartwatch na Baselworld”, disse o CEO da Swatch, Nick Hayek, se referindo à feira que acontece em março. Ele não quis comentar as funções do novo dispositivo.

A marca de 163 anos divulgou um protótipo de um relógio com Bluetooth no ano passado que poderia ajudar a encontrar objetos perdidos e se conectar com estações meteorológicas.

A Swatch também planeja começar a vender o Swatch Bellamy, relógio que pode fazer pagamentos móveis, nos Estados Unidos e na Suíça em agosto.

A empresa também desenvolveu um smartwatch Swatch Touch com funções relacionadas aos Jogos Olímpicos, disse Hayek em uma entrevista por telefone na quarta-feira.

A Biel, companhia com sede na Suíça, está desenvolvendo gradualmente um arsenal de smartwatches e patentes enquanto vendedores a descoberto chegam a um nível recorde de apostas contra suas ações.

Hayek tem estado relutante em entrar nesse segmento de mercado depois que a Swatch falhou com um dispositivo de pager nos anos 1990 e descontinuou um relógio desenvolvido com a Microsoft Corp. cerca de uma década atrás.

Produtores de relógios baratos sentiram o peso da nova concorrência. As ações da fabricante de relógios americana Fossil Group Inc. caíram 67 por cento no ano passado.

A Swatch é dona de marcas de luxo como Breguet e Omega, sua marca homônima começa em cerca de US$ 50 e os relógios Tissot são vendidos por cerca de US$ 200 ou mais. As ações da companhia suíça caíram 21 por cento no ano passado.

Para os Jogos Olímpicos no Rio de Janeiro em agosto, a Swatch está planejando uma segunda versão do Swatch Touch Zero, um relógio de baixo custo que a fabricante introduziu no ano passado e oferece funções relacionadas a um torneio de vôlei.

Suas funções incluem um contador de passos e um medidor de palmas que grava a intensidade dos aplausos.

Tópicos: Apple, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Relógios inteligentes, Swatch