São Paulo – Novas informações publicadas na manhã desta sexta-feira reforçam os rumores de que a Samsung irá anunciar a sua versão de relógio inteligente no dia 4 de setembro, em Berlim. De acordo com a agência Bloomberg, que alega ter ouvido duas fontes próximas ao assunto, o gadget se chamará Galaxy Gear.

Equipado com Android, o relógio inteligente da fabricante sul-coreana permitirá que seus usuários realizem uma série de tarefas antes reservadas a dispositivos como smartphones e tablets. Fazer chamadas, enviar e receber mensagens e navegar pela internet seriam algumas das possibilidades.

Apesar de não haver qualquer manifestação da Samsung sobre o assunto, a data já consta no calendário da empresa. Convites enviados para a imprensa na semana passada confirmam o dia 4 como um evento de lançamento de novos produtos, o Samsung Unpacked 2013 Episode 2.

Entre eles, é quase certo que estará o “phablet” Galaxy Note 3. O dia também precede o início da IFA 2013, uma das maiores feiras de tecnologia do mundo que acontece na capital alemã de 6 a 11 de setembro.

Galaxy Gear

Desde que começaram a correr boatos sobre o iWatch, o suposto relógio inteligente da Apple, a Samsung tem oferecido declarações e dicas de que também estaria trabalhando em um modelo de dispositivo com Android.

Em março, o vice-presidente da marca, Lee Young Hee, confirmou o fato, mas não ofereceu detalhes acerca das especificações ou em qual momento o gadget seria lançado.

Há alguns dias, uma patente relacionada ao dispositivo, que teria sido registrada pela Samsung, vazou na internet. E com base nas descrições oferecidas pelo documento, o site britânico Vouchers Code Pro elaborou designs que mostram como poderá ser o Galaxy Gear. Segundo eles, o relógio terá display e pulseira flexíveis.

Relógios inteligente

A categoria de relógios inteligentes tem sido alvo recorrente de especulações em 2013. A onda de boatos começou depois que a Bloomberg noticiou que a Apple teria colocado 100 designers trabalhando no desenvolvimento do “iWatch”.

Segundo os rumores, várias empresas sinalizaram estar de olho neste filão. Entre elas o Google, Microsoft, LG e a Sony. Esta última ultrapassou as rivais e lançou em junho o Smartwatch 2, dispositivo que veio para substituir um modelo não muito bem sucedido de relógio inteligente.