São Paulo – Em um post no Facebook, Mark Zuckerberg (cofundador da rede social) contou ao mundo o desafio que se propôs para 2016. De acordo com o texto, a ideia dele para este ano é de desenvolver um assistente pessoal com inteligência artificial.

Ele define o produto final como uma versão de Jarvis, o sistema de inteligência artificial que auxilia o personagem Tony Stark, de O Homem de Ferro. Esse sistema seria capaz de auxiliar Zuckerberg tanto com tarefas domésticas, quanto com o trabalho.

Ele afirma que como ponto de partida usará tecnologias já existentes e desenvolvidas (ele não chega a entrar em detalhes sobre isso). O próximo passo seria criar novas funções usando essa base.

Zuckerberg entra em detalhes sobre o que espera ensinar ao seu assistente pessoal. Ele lista poder controlar funções de sua casa usando voz, como música, luzes ou temperatura. Ele também diz que espera permitir que o sistema autorize seus amigos a entrar em sua casa graças a reconhecimento facial.

Outra ajuda seria com sua filha, Max. O sistema poderia alertar Mark e sua esposa para o caso de algum problema com Max ou dentro do quarto da garotinha.

No lado de trabalho, Zuckerberg espera ser capaz de visualizar dados em realidade virtual para alcançar novas informações, formas de serviços e aumentar a produtividade.

 Zuckerberg afirma que a palavra deste ano do seu desafio é inovação. Ele conta que a cada novo ano, se propõe um desafio no qual irá trabalhar.

Nos últimos anos, ele escreve, teve como metas ler dois livros a cada mês, aprender mandarim e conhecer uma nova pessoa mensalmente.

Abaixo você pode ler o texto (em inglês) postado por Mark Zuckerberg em sua conta do Facebook.

Every year, I take on a personal challenge to learn new things and grow outside my work at Facebook. My challenges in...

Posted by Mark Zuckerberg on Sunday, January 3, 2016

Tópicos: Facebook, Redes sociais, Empresas, Internet, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Empresas de internet, Inteligência artificial, Mark Zuckerberg, Personalidades