São Paulo – A Samsung tornará o relógio inteligente Gear S2 compatível com iPhones até o final de 2016. O aparelho tem sistema Tizen e só funciona atualmente pareado com smartphones que têm sistema Android – sejam eles ou não da Samsung.

Alanna Cotton, vice-presidente da Samsung, confirmou a informação ao Wall Street Journal, embora não tenha dado mais detalhes sobre como essa integração irá acontecer. 

O Gear S2 foi apresentado no final de agosto do ano passado e foi a aposta da Samsung na briga contra o Apple Watch, o relógio da Apple que domina o mercado desde seu lançamento em abril do ano passado.

A iniciativa marca uma mudança na forma como a Samsung lida com os seus dispositivos. Antes, a fabricante lançava smartwatches compatíveis somente com seus próprios smartphones, depois, passou a liberar o uso com gadgets de outras marcas. Agora, a companhia busca até mesmo mercado entre os consumidores do iPhone.

Tizen

O sistema usado no Gear S2 é chamado Tizen e é uma inicaitiva open-source baseada no kernel do Linux e mantida pela Linux Foundation em parceria com empresas como Samsung, Intel e Panasonic. 

Além dos relógios, o sistema também está em um smartphone chamado Z1, vendido na Coreia do Sul, e nas linhas de TV da marca. Apesar do pequeno número de celulares com o Tizen, mais de 1 milhão de unidades já foram vendidas.

No ano passado, a fabricante anunciou que todas as suas smart TVs utilizariam o sistema – uma medida que tem continuidade em 2016.

Como bem indica uma análise do The Verge sobre o Tizen, esse sistema não disputa com os grandes do segmento de dispositivos móveis (Android, iOS e Windows), mas, sim, funciona como um espaço para inovação rápida e independente da Samsung.

Tópicos: Apple Watch, Relógios inteligentes, iPhone, Smartphones, Celulares, iPhone e iPad, Relógios, Empresas, Samsung, Indústria eletroeletrônica, Empresas coreanas, Empresas de tecnologia