São Paulo – Mark Zuckerberg, CEO e cofundador do Facebook, participou hoje da apresentação dos novos smartphones da Samsung, o Galaxy S7 e o Galaxy S7 edge. O motivo? A realidade virtual.

O Gear VR é um produto que já está mercado brasileiro há alguns meses, vendido por 800 reais – e que só funciona com smartphones da linha Galaxy S6 e com o Note 5. Ele é resultado de uma parceria entre a Oculus VR (empresa criadora do Rift e que pertence ao Facebook) e a Samsung. 

Hoje, Zuckerberg subiu ao palco para anunciar melhorias na qualidade de imagem em vídeos do Facebook vistos no Gear VR e dizer que acredita que a realidade virtual é a próxima rede social.

“Imagine se reunir com os seus amigos quando você quiser, não importa onde eles estejam”, declarou o CEO do Facebook. “Um dia, você poderá colocar um headset e ele vai mudar a forma como você vive, trabalha e se comunica.”

Reprodução/Samsung/EXAME.com

Mark Zuckerberg durante lançamento do smartphone Galaxy S7

Realidade virtual: CEO do Facebook acredita que plataforma será o ambiente mais sociável

Zuckerberg citou a tecnologia de telas Super Amoled da Samsung como um dos principais fatores do Gear VR, em sua visão, oferecer a melhor experiência de realidade virtual em um smartphone. Ele também informou que mais de 200 apps e jogos estão disponíveis para o headset.

O executivo aproveitou para detalhar algumas novidades dos vídeos em 360 graus do Facebook, que podem ser vistos no Gear VR. O recurso chamado streaming dinâmico poderá quadruplicar a qualidade dos conteúdos, ao mesmo tempo que reduz a quantidade de banda de internet necessária para a transmissão. A novidade deve chegar à rede social nas próximas semanas.

Além dos vídeos, o Facebook tem uma equipe dedicada à criação de apps sociais para a realidade virtual. Os membros desse time trabalham juntos com os funcionários da Oculus VR na busca do ambiente social mais adequado para essa nova plataforma.

Tópicos: Acessórios, Facebook, Redes sociais, Empresas, Internet, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Empresas de internet, Samsung, Indústria eletroeletrônica, Empresas coreanas, Smartphones