Aguarde...

Marte | 08/08/2012 11:09

Por que o Curiosity é tão importante para a ciência?

Sucesso da missão em Marte pode representar um grande passo da NASA para a possível colonização do planeta

Vanessa Daraya, de

Divulgação/NASA/JPL-Caltech

Robô Curiosity da NASA em missão em Marte

Robô Curiosity deverá ficar dois anos em Marte para explorar a região conhecida como Cratera Gale, onde possivelmente existiu um grande lago

São Paulo - O pouso do jipe-robô Curiosity na madrugada desta segunda-feira (6) foi acompanhado com tensão pelo mundo por causa da complexidade da manobra. Quando a NASA confirmou que Curiosity já estava em solo marciano, a central de controle do Mars Science Laboratoty, em Pasadena, Califórnia, foi a loucura. Passada a emoção, fica a pergunta: mas por que o Curiosity é tão importante para a ciência?

José Leonardo Ferreira, doutor em Ciências Espaciais e professor do Instituto de Física da Universidade Brasília (UnB), esclarece essa questão. "Este foi sem dúvida um grande feito da tecnologia espacial e também da robótica", conta. Além disso, o Curiosity representa um grande passo da NASA para a colonização do planeta nos próximos séculos.

A exploração espacial de Curiosity

A partir de agora, o Curiosity inicia uma missão de dois anos em Marte. Durante esse período, o jipe-robô vai explorar a região conhecida como Cratera Gale, onde possivelmente existiu um grande lago. O objetivo é tentar descobrir se Marte já teve um ambiente capaz de suportar vida microscópica e se tem condições que preservaram os seus indícios.

Essa busca só é possível graças a outros instrumentos que estudam Marte desde 1957, quando a antiga União Soviética e os Estados Unidos da América começaram uma das grandes competições da história: a corrida espacial.

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados