Tóquio - A gigante japonesa de tecnologia Panasonic anunciou que este mês começará a comercializar seus robôs HOSPI, equipados para ajudar equipes médicas em várias tarefas, como o transporte de medicamentos.

Estes pequenos homens mecatrônicos, com uma tela no lugar do rosto e corpo em forma cilíndrica, se deslocam com um mecanismo de rodas após memorizarem um mapa dos corredores e quartos dos estabelecimentos médicos.

Dessa forma, conseguem buscar medicamentos e levá-los aos doentes na hora exata em que devem tomá-los.

"O Japão enfrenta uma falta de pessoal nas unidades de atendimento e nos hospitais", destacou a Panasonic, que desenvolve este sistema há três anos e o testou em um hospital do grupo em Osaka (oeste).

"Percebemos que estes robôs têm efeitos positivos notáveis no hospital e, portanto, decidimos comercializá-los", considerou a Panasonic em um comunicado.

"Concebemos estes robôs com uma preocupação principal em mente: a segurança", disse um de seus projetistas. Os enfermeiros que testaram o equipamento comemoraram o fato de enfim terem se livrado de fazer alguns trabalhos ingratos, graças a estes ajudantes.

"Os robôs se ocupam de parte da logística. Com isso, as equipes podem se concentrar na vigilância e no acompanhamento dos pacientes", concluiu.

Tópicos: Ciência, Robôs, Saúde