Zika

São Paulo – Descoberto em 1947, o vírus zika foi nomeado a partir da floresta na qual foi descoberto, a Floresta de Zika, em Uganda. No entanto, nessa época, ele não atingia o ser humano, mas, sim, os macacos na região. 

Até 2007, somente 14 casos de humanos com a doença haviam sido constatados na África e na Ásia. A maioria das pessoas infectadas não apresentavam sequer sintomas que indicassem o contagio. 

Mas esse cenário mudou. Em maio de 2015, a Organização de Saúde Panamericana divulgou um alerta sobre os primeiros casos de transmissão do vírus no Brasil. O zika é uma epidemia no território nacional, sendo motivo de preocupação para a Organização Mundial da Saúde e alvo de campanhas do Ministério da Saúde, que buscam reduzir a quantidade dos mosquitos que transmitem a doença, principalmente o Aedes aegypti – que também pode transmitir a dengue e o chikungunya.

Com isso, diversos pesquisadores dedicaram seus esforços para descobrir mais sobre o zika. Confira, a seguir, o que a ciência já sabe sobre esse vírus.

Tópicos: Ciência, Dengue, Doenças, Zika