Austin, Texas - Comida é um dos temas que vem crescendo no South by Southwest Interactive – com um toque de tecnologia, é claro. Neste domingo foram abertas as portas da feira do evento, onde startups mostram suas novidades para os mais de 30 000 participantes. Veja as novidades apresentadas por três empresas no maior evento de tecnologia dos Estados Unidos, em Austin, Texas.

Pico Brew

A empresa de Seattle trouxe criou uma máquina completamente automatizada para fazer cerveja em casa. A Pico, que começa a ser vendida no segundo semestre, custa 699 dólares e funciona literalmente com um único botão. A lógica é parecida com a de uma máquina de café Nespresso: basta comprar um cartucho com os ingredientes pré-selecionados e colocá-lo na máquina.

O processo de fervura é realizado em alta pressão, e o líquido é transferido automaticamente para um barril de três litros, onde acontece a fermentação. Os kits com os ingredientes contêm receitas de cervejarias de pequeno e médio porte, o que permite que o usuário faça a sua cerveja predileta em casa, e depois de usados vão direto para o lixo, pois são feitos de uma resina de cana de açúcar. A Pico Brew já tem acordos com dezenas cervejarias americanas.

Drop

A Drop é a balança de cozinha do século 21. Para pesar os ingredientes é preciso conectá-la via Bluetooth a um iPhone ou iPad, pois a balança não tem visor. Mas a ideia da empresa é ser mais do que um mero utensílio de uso eventual. O aplicativo contém mais de 300 receitas e indica o um passo a passo da preparação dos pratos.

Além de ajustar as proporções – caso a receita peça 300 gramas de cebola e você tenha apenas 150 --, o app também sugere substituições e adaptações. A Drop já está à venda e custa 99 dólares.

BeeHex

Se a balança Drop parece uma ideia prosaica, a impressora 3D BeeHex está no extremo oposto. O produto, que ainda é uma prova de conceito, foi desenvolvido para imprimir comida. O fundador da empresa, Anjan Contractor, recebeu um prêmio de 125 000 dólares em 2013 para criar uma impressora de comida que os astronautas pudessem usar no espaço.

No início, a BeeHex produzia apenas chocolates de diferentes formatos ou aplicava coberturas em bolos. Agora, ela já é capaz de imprimir pizzas inteiras. No South by Southwest, a empresa imprimiu uma pizza de queijo que depois foi para o forno, mas a ideia é que a própria impressora asse (ou cozinhe) a comida enquanto ela está sendo impressa.

A ideia da empresa é vender a impressora para uso doméstico. “Primeiro foi o fogão, depois o microondas. No futuro, não imaginaremos uma cozinha sem uma impressora 3D”, diz Contractor.

Tópicos: Estados Unidos, Países ricos, Startups, SXSW, Tecnologia