Cabo Canaveral - A Nasa suspendeu uma caminhada espacial nesta sexta-feira do lado de fora da Estação Espacial Internacional depois que um dos astronautas envolvidos na missão relatou um possível vazamento no capacete de seu traje, informou a agência espacial norte-americana.

Tim Peake, que durante a missão se tornou o primeiro astronauta da Grã-Bretanha a andar no espaço, e o norte-americano Tim Kopra tinham concluído o primeiro objetivo da saída quando Kopra relatou a formação de uma bolha de água dentro de seu capacete.

A caminhada espacial foi encerrada duas horas antes do previsto como medida de precaução, de acordo com o analista de missão da Nasa Rob Navias.

Peake e Kopra estavam programados para ficar mais de seis horas do lado de fora da estação internacional, um laboratório de pesquisa de 100 bilhões de dólares flutuando cerca de 400 quilômetros acima da Terra.

“Um momento para se orgulhar”, disse Peake antes do incidente, enquanto flutuava no espaço.

Peake, de 43 anos, um ex-major do Exército, partiu em dezembro para a estação como parte de uma missão de seis meses da Agência Espacial Europeia, tornando-se o primeiro britânico no espaço desde que Helen Sharman viajou para o espaço, em 1991, por oito dias, em uma nave soviética, e também é o primeiro a fazê-lo sob a bandeira britânica.

Tópicos: Espaço, Ciência, Nasa, Europa, Reino Unido, Países ricos