Aguarde...

Análises | 27/11/2013 17:20

Moto G, o smartphone bom e barato da Motorola, ganha elogios

O Moto G, novo smartphone da Motorola, chama atenção por oferecer bons recursos a um preço que começa em 649 reais. Veja o que os críticos dizem sobre ele

Divulgação

Smartphone Moto G, da Motorola

Moto G: ótima opção em sua faixa de preço

São Paulo -- Lançado no Brasil e em outros países neste mês, o Moto G, da Motorola, chamou atenção por oferecer recursos de smartphone intermediário por preços de aparelho básico, começando em 649 reais. 

O Moto G (seria G de Google?) é o irmão mais novo do Moto X, o smartphone de topo da Motorola, que custa 1.499 reais no Brasil. Sua limitação mais óbvia é que a conexão celular é 3G. Quem fizer questão do acesso rápido à internet proporcionado pelo 4G LTE deve buscar outro modelo.

Deixando isso de lado, o Moto G é uma ótima opção em sua faixa de preço. Ele tem uma espaçosa tela HD de 4,5 polegadas e um respeitável processador de quatro núcleos. Vem com Android 4.3 Jelly Bean e com a promessa de atualização, em janeiro, para a versão mais recente do sistema, a 4.4 KitKat. 

A configuração mais barata do Moto G tem apenas 8 GB de capacidade, muito pouco para quem armazena fotos, vídeos e músicas no celular. Por 799 reais, o Moto G Dual traz 16 GB, além de aceitar dois chips de operadora. 

A Motorola ainda oferece, por 999 reais, o Moto G Music, também com 16 GB. Essa variante do aparelho vem com um fone de ouvido supra-auricular da marca SOL Republic, com conexão sem fio Bluetooth.

O Moto G não permite a expansão da memória por meio de um cartão como acontece em outros smartphones com Android. Assim, vale a pena investir numa configuração com 16 GB de capacidade. Vejamos algumas avaliações de pessoas que testaram o Moto G:

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados