São Paulo – A misteriosa barca do Google, aportada na baía de São Francisco, será um showroom dos produtos e projetos desenvolvimento pelo Google X, laboratório de inovação da empresa, além de espaço para festas. Detalhe: ao que tudo indica, apenas convidados terão acesso ao local, que está sendo montado sob a chancela de Sergey Brin, cofundador do Google.

A presença da barca no local foi primeiro notada pelo site CNET, que especulou se o local não seria uma tentativa do Google de fazer um centro de dados flutuante.

Dias depois, relatos de que havia uma barca similar do outro lado dos Estados Unidos, na costa do Maine, também apareceram. Porém, não havia indícios sólidos em relação ao propósito das embarcações.

O mistério, contudo, parece ter sido enfim solucionado pela emissora americana KPIX 5, que foi a fundo nos detalhes e entrevistou fontes ligadas ao assunto.

De acordo com a apuração da emissora, o projeto está sendo planejado há mais de um ano e tem como objetivo bater de frente com as bem-sucedidas lojas do varejo da Apple.

Formada por containers que podem ser arranjados de acordo com a necessidade, a estrutura conta com quatro andares. Os três primeiros ficarão reservados aos showrooms, enquanto que o quarto será um espaço para festas e recepção de convidados ilustres. A barca de São Francisco tem, no total, 1,6 mil metros quadrados. 

Tópicos: Google, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Empresas de internet, Inovação, Pesquisa e desenvolvimento, Rumores tech