São Paulo – A Microsoft encerra, nesta terça-feira (12), o suporte para o sistema Windows 8. Isso significa que a empresa não vai mais oferecer correções de segurança para o software.

Para a maioria de seus sistemas, a Microsoft oferece um ciclo de vida de 10 anos. No entanto, a companhia considera o Windows 8.1 como um service pack para o Windows 8.

Com isso, o novo sistema passa a ser visto como um substituto para o anterior. Essa medida faz com que a empresa encerre o suporte para o software de 2012 antes mesmo do Vista, cujo suporte vai até 11 de abril de 2017.

Manter o Windows 8 instalado no seu computador pode resultar em brechas de segurança que não serão corrigidas pela Microsoft, o que implica risco de ataques cibernéticos.

A quantidade de computadores rodando o Windows 8 é pequena, sendo aproximadamente 3% em todo o mundo. Apesar do Windows 10 estar em quase 10% das máquinas, quem reina é o Windows 7, com 55,68%. 

A atualização para o Windows 8.1 é gratuita para a maioria dos consumidores. Para recebê-la, é preciso visitar a Windows Store, instalada por padrão nos computadores, e autorizar sua instalação.

Também é possível atualizar seu PC ou notebook com o sistema operacional Windows 10, que é gratuito, ao menos, até 29 de julho deste ano. Ao fazer isso, sua máquina terá suporte da Microsoft até 14 de outubro de 2025 – apesar da Microsoft ter dito que este seria o "último Windows".

Vale lembrar que versões antigas do Internet Explorer também perdem suporte neste mês.

Tópicos: Computadores, Microsoft, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Windows, Windows 8