São Paulo – A Nasa informou que um meteoro de mais de cinco metros de diâmetro atingiu a Terra no dia 6 de fevereiro deste ano. O astro caiu a cerca de mil quilômetros da costa brasileira, no Oceano Atlântico.

Segundo informações da agência espacial norte-americana, o meteoro queimou a uma altura de 30 quilômetros e liberou uma energia equivalente a 13 mil toneladas de TNT. Isso significa que ele foi o maior astro a atingir o planeta desde que uma rocha com a potência de 500 mil toneladas de TNT explodiu na região de Chelyabinsk, na Rússia, em 2013. Mais de mil pessoas ficaram feridas na ocasião, devido aos estilhaços de vidros de janelas. 

Para fins de comparação, a bomba de Hiroshima, chamada de Little Boy, teve um potencial destrutivo equivalente a 15 mil toneladas de TNT – ou seja, 30 vezes menor do que a energia gerada pelo meteoro russo. 

Estima-se que 30 meteoros (entre um e 20 metros) caiam na Terra por ano – a maioria das vezes em oceanos.

Tópicos: Chuva de meteoros, Ciência, Meteoritos, Nasa