São Paulo – A LG lançou um celular com 1 GB de memória RAM por 1.200 reais no Brasil nesta semana. O modelo é chamado K10 e é a aposta da fabricante para conquistar o público jovem e conectado. No entanto, nenhum outro smartphone recente vendido nessa faixa de preço tem essa quantidade de RAM.

Por valores entre 700 reais até 1.300 reais, é possível encontrar o Xiaomi Redmi 2 Pro, com memória de 2 GB, o Asus Zenfone 2, com 4 GB, e o Galaxy J7, com 1,5 GB de RAM. A própria LG tem versões do K10 com mais memória. Então, por que a empresa decidiu lançar um smartphone com essa capacidade nesse cenário?

A LG no Brasil informou que buscou trazer o modelo certo para o país e não quis comentar sobre o fim dos benefícios fiscais da Lei do Bem, que dava alíquota zero de PIS/Cofins para fabricantes de smartphones vendidos por até 1.500 reais. 

"Estamos sempre analisando o mercado. Apesar de termos as versões com 1,5 GB e 2 GB, a gente trouxe esse modelo de 1 GB combinando com esse processador octa-core [da MediaTek] e com o Android Marshmallow dá uma experiência bem fluída. Tem também a questão da gente oferecer uma boa relação custo-benefício para o consumidor. Isso implica menos custos de fabricação. Para chegar a esse preço, buscamos trazer a melhor experiência com bom custo-benefício", de acordo com a LG.

A empresa não respondeu quando perguntada sobre a importância das especificações técnicas de um smartphone para o consumidor final no ato da compra, ressaltando mais uma vez a experiência de uso. "Fizemos análises e concluímos que um smartphone com 1 GB de RAM e um processador octa-core é o suficiente para atender o consumidor", informou a companhia, que disse não gostar de discutir com a imprensa a sua estratégia de preços.

A LG não revelou se irá trazer as versões de 1,5 GB e de 2 GB de RAM do smartphone K10. Porém, ela declarou que lançará mais integrantes da linha K para o Brasil, além do K4 e do K8.

LG G5

O novo smartphone topo de linha da marca será apresentado no próximo domingo, dia 21 – a mesma data em que a Samsung vai revelar o Galaxy S7. O gadget será chamado LG G5. Apesar de não falar sobre preços, a LG informou a EXAME.com que um "smartphone topo de linha" está para chegar ainda neste semestre ao mercado brasileiro.

Tópicos: Google, Android, Celulares, Indústria eletroeletrônica, LG, Empresas, Empresas coreanas, Empresas de tecnologia, Smartphones