São Paulo -- A LG anuncia o G Flex, seu primeiro smartphone com tela curva. A empresa sul-coreana diz que o aparelho tem uma tecnologia que permite o reparo automático de arranhões superficiais em seu corpo.

No comunicado em que apresenta o G Flex, a LG compara essa tecnologia de auto-reparo a Wolverine, o herói dos quadrinhos e dos filmes da série “X-Men” que é capaz de se curar rapidamente quando ferido.

Segundo a empresa, o corpo do G Flex tem uma película que faz arranhões desaparecerem em minutos. É algo que terá de ser avaliado em testes independentes para que sua eficácia seja determinada..

O G Flex, que roda o sistema Android, tem tela OLED flexível de 6 polegadas, montada de modo a formar uma curva acentuada. A tela é HD (720p). Nisso, ela perde para a do Galaxy Round, da Samsung. O Round, primeiro smartphone com tela curva no mundo, anunciado há três semanas, tem tela full HD (1080p).

O G Flex pesa 177 gramas e é um pouco gordo, com espessura de até 8,7 milímetros (ela varia ao longo do comprimento). Tem um poderoso processador Qualcomm Snapdragon 800, com quatro núcleos, e câmera de 13 megapixels. Começará a ser vendido na Coréia do Sul em novembro.

Ainda há dúvidas sobre que benefícios uma tela curva traz a um smartphone (se é que traz algum benefício). Samsung e LG mencionam coisas como melhor ergonomia e visualização de vídeos mais imersiva.

A Samsung ainda tenta explorar a tela curva com efeitos criados para ela. Ao rolar o Galaxy Round sobre a mesa com a tela desligada, por exemplo, a tela é momentaneamente ligada para exibir mensagens e alertas. O vídeo abaixo (em inglês) demonstra esse recurso:

Tópicos: Google, Android, Inovação, LG, Empresas, Indústria eletroeletrônica, Empresas coreanas, Empresas de tecnologia, Smartphones