São Paulo – A Lenovo anunciou, nesta terça-feira (19), o lançamento do smartwatch Moto 360 Sport, voltado para a prática de exercícios físicos.

O aparelho, que não será montado no Brasil e só estará disponível na cor preta, chega por 1.999 reais, enquanto sua primeira versão, chamada apenas Moto 360, foi lançada no país por 900 reais, no ano passado. 

A principal razão apontada pela empresa para o aumento do preço do produto, além de suas melhorias, é a alta do dólar no último ano.

Além de ser um pouco menor, o Moto 360 Sport conta com GPS integrado, o que permite sair para correr ou praticar algum esporte sem precisar estar com o smartphone no bolso para monitorar o seu percurso.

O sistema operacional do relógio da Lenovo é o Android Wear, a versão do sistema móvel do Google adaptada para tecnologias vestíveis. Ela também está em aparelhos como o LG G Watch Urbane e o Asus Zenwatch.

A tela do novo smartwatch da Lenovo também tem uma diferença em relação à sua versão anterior. Ela agora conta com a tecnologia chamada AnyLight (qualquer luz, em inglês). Isso permite que o usuário enxergue as informações mostradas na tela mesmo sob forte incidência de luz solar.

Lucas Agrela

Relógio Moto 360 Sport

Moto 360 Sport: aparelho roda sistema Android Wear

Outra mudança no display é que ele passa a estar sempre ativo, ainda que com uma quantidade mínima de luz. Quando levamos o relógio em direção aos olhos, a tela se acende por completo.

Protegida com Gorilla Glass 3, a tela do Moto 360 novo continua a ser parcialmente redonda. Uma barra reta fica ainda na parte debaixo, o que os executivos da Motorola disseram ser o sensor de luminosidade do produto. Vale notar que a Samsung conta com o Gear S2, que tem tela totalmente circular, mas roda o sistema Tizen, em vez do Android Wear.

O Moto 360 Sport também tem proteção contra a entrada de água e poeira, contando com a certificação IP67.

"O Moto 360 Sport tem mais recursos voltados para exercícios físicos. Com isso, buscamos atingir um público diferente do atingido com a primeira geração do smartwatch", afirmou Renato Arradi, gerente de produtos da Motorola Brasil, durante um evento de lançamento realizado para jornalistas.

As informações sobre os exercícios podem ser reunidas no aplicativo chamado Moto Body, que mostra percurso, distância, calorias queimadas e tempo de exercício. Outras opções compatíveis são o Google Fit, o Fitbit ou o mapmyrun.

O gadget também conta com um monitor de batimentos cardíacos, que é mais inteligente do que o lançado no primeiro modelo, no ano passado. Ele agora mede o ritmo do seu coração ao longo do dia e gera relatórios sobre as variações.

O Moto 360 Sport estará disponível no Brasil até o final de janeiro, tanto nas redes de varejo, como nas lojas da operadora Vivo.

Vale lembrar que a Motorola continuará somente como o nome da empresa. A Lenovo passará a usar somente o nome Moto em seus produtos. 

Tópicos: Google, Android, Lenovo, Empresas chinesas, Empresas de tecnologia, Empresas, Motorola, Empresas americanas, Relógios inteligentes, Smartphones, Indústria eletroeletrônica