São Paulo - Além de sites especializados, e-mails e redes sociais como o LinkedIn, profissionais podem passar a receber oportunidades de empregos diretamente no smartphone por meio do WhatsApp.

Isso porque um estudo realizado pelo portal de empregos Trabalhando.com revela que entre as várias ferramentas disponíveis os jovens profissionais preferem receber notificações de vagas pelo aplicativo de mensagens online.

A pesquisa quantitativa foi feita entre agosto e setembro, com questionários enviados por e-mail para 10 mil universitários de São Paulo e das regiões Nordeste e Sul que são cadastrados no serviço.

Desse total, 988 jovens profissionais responderam à pergunta “Qual a melhor tecnologia para receber avisos de vagas de estágios e empregos?”.

Dessa quantia, 76% afirmaram preferir receber oportunidades por meio do WhatsApp. Em segundo lugar, o e-mail é preferência de 18% dos entrevistados, enquanto os 6% restantes optam por receber SMS.

A partir dos resultados da pesquisa, a empresa passou a investir no uso da ferramenta para atingir o público jovem que compõe a base de currículos do site, sendo a primeira a divulgar oportunidades de estágio e emprego no aplicativo.

A ideia é agilizar a divulgação das vagas em um meio utilizado pela maioria dos jovens conectados atualmente.

“Graças a forte parceria firmada com 60 das mais importantes faculdades do Brasil, hoje somos a única empresa de recursos humanos do país que se relaciona de perto com jovens estudantes”, afirma o diretor-geral da companhia, Caio Infante.

Disponível para Android, iOS, Windows Phone, BlackBerry e até Symbian, o popular aplicativo possui mais de 600 milhões de usuários ativos, 38 milhões deles no Brasil.

Além de textos, ele também permite compartilhar mensagens de áudio, vídeo, localização e até contatos do celular.

Tópicos: Apps, Carreira e Salários, Carreira, INFO, Jovens, Internet, Redes sociais, WhatsApp