São Paulo - O iPad é o tablet preferido dos brasileiros, de acordo com um levantamento realizado pela MeSeems, empresa nacional que faz pesquisas de mercado com aplicativos para Android e iOS.

O tablet da Apple foi indicado como favorito por 62% das 3 095 pessoas entrevistadas em todas as regiões do país e de classes sociais A, B, C e D.

Do total de entrevistados, 66% têm entre 18 e 30 anos, dos quais 59% são homens e 41% são mulheres.

Em segundo lugar no ranking aparece a Samsung, com a preferência de 25% do público.

As demais marcas representam 13%.

A pesquisa aponta ainda que o 29% dos respondentes possuem tablet, sendo que 50% têm o dispositivo da Apple, seguido pela Samsung com 29% e Asus com 2%.

Os produtos foram comprados entre seis meses e um ano por 29% dos entrevistados e 33% os compraram há um ou dois anos.

22% têm seus tablets há mais de dois anos. 65% dos respondentes compraram apenas um tablet até hoje.

Sobre a intenção de compra, a grande maioria, com 40% dos respondentes, deseja gastar entre 500 reais e 999 reais em um tablet nos próximos meses; 26% entre 1 mil reais e 1,5 mil reais; 25% até 499 reais; e apenas 3% estão dispostos a gastar mais de 2 mil reais.

O iPad Air 2, modelo mais recente do tablet da Apple, é vendido no Brasil ao custo de 2 080 reais, em sua versão mais básica (16 GB).

O uso prioritário do dispositivo é para a navegação nas redes sociais, segundo 70% dos entrevistados, seguido pela leitura de notícias, com 66%, jogos, com 62% e leitura e envio de e-mails, com 60%.

Já tirar fotos não está entre as principais atividades realizadas por usuários de tablets, uma vez que 30% indicaram usar o aparelho para ver ou registrar imagens.

Contudo, a adoção dos tablets pelos brasileiros ainda é baixa.

Somente 29% dos entrevistados disseram possuir o gadget e, dessas pessoas, 53% afirmaram não ver necessidade de adquirir um, enquanto 24% acham o produto caro e 6% não o consideram prático no dia a dia.

O medo de roubo tem pequena representatividade na decisão de não comprar um tablet, uma vez que foi marcado por apenas 3%.

Fundada em 2013, a MeSeems oferece recompensas para usuários que respondem às pesquisas em seu aplicativo para smartphones com sistemas Android e iOS.

Os prêmios variam entre vale-compras em lojas, créditos para celular e assinatura de serviços de streaming.

Tópicos: Apple, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Gadgets, Indústria eletroeletrônica, INFO, iPad, Tablets, iPhone e iPad, Samsung, Empresas coreanas