São Paulo — Entre os equipamentos que tiveram sua alíquota reduzida estão monitores coloridos e monocromáticos profissionais, cartões eletrônicos de controle, módulos fotovoltaicos para produção de energia solar e sistemas de gravação, edição e mixagem de áudio usados em estúdios de gravação. Também receberam a redução equipamentos empregados nas estações radiobase para telefonia celular.

A mudança na alíquota foi determinada pela Câmera de Comércio Exterior (Camex), do Ministério do Desenvolvimento, Indústria e Comércio Exterior. Segundo a resolução número 3, de 16 de fevereiro, publicada no Diário Oficial de hoje, a alíquota reduzida vale até 30 de junho de 2012.

Outa resolução da Camex, a número 4, determina a redução da alíquota, também para 2%, de uma longa lista de equipamentos industriais. Nela, aparecem desde estufas para a fabricação de baterias automotivas até motores marítimos. Também nesse caso, a validade é até 30 de junho de 2012.

Tópicos: Importações, Comércio exterior, Impostos, Leão, Setor eletroeletrônico, Setores, Indústrias em geral, Indústria, Telecom, Telecomunicações