São Paulo -- Google, Red Hat, Oracle e outras empresas de tecnologia estão cedendo dezenas de engenheiros para dar uma mão ao governo Obama. Eles vão ajudar a consertar o Healthcare.gov, o problemático portal do novo sistema de saúde conhecido como Obamacare, informa a agência Bloomberg.

Desenvolvido ao longo de três anos a um custo estimado em 634 milhões de dólares, o site Healthcare.gov entrou em operação há um mês. Mas as falhas têm sido tantas que o site virou motivo de vexame para Obama. O novo sistema de saúde deveria ser uma das principais realizações do presidente.

O esforço conjunto das empresas de tecnologia para consertá-lo começou no último dia 20. Entre os engenheiros destacados para a tarefa está Michael Dickerson, do Google, um especialista em confiabilidade de sites.

A informação foi divulgada por Julie Bataille, porta-voz do U.S. Centers for Medicare and Medicaid, que está supervisionando a operação.

Larry Ellison, CEO da Oracle, comentou o tema ontem durante um evento para acionistas da companhia. “Sei que esse assunto tem forte conotação política”, disse. “Como empresa de tecnologia da informação, estamos fazendo o possível para ajudar.”

O Healthcare.gov oferece planos de saúde subsidiados com base no chamado Patient Protection and Affordable Care Act, a lei da proteção ao paciente e assistência média acessível, aprovada em 2010 em meio a intenso debate político.

O sistema foi desenvolvido por três empresas. A americana Quality Software Services Inc. (QSSI) montou a parte de processamento de dados de retaguarda. A CGI Federal, subsidiária da CGI, a maior companhia de tecnologia da informação do Canadá, criou o site propriamente dito.

A Booz Allen, conhecida por ter contratado Edward Snowden para prestar serviços à NSA, ficou responsável pelo suporte técnico.

Especialistas que examinaram o Healthcare.gov dizem que as páginas são terrivelmente pesadas, algo incompatível com um site de alto tráfego. Além disso, várias pessoas apontaram que o site não foi testado com carga total antes da inauguração.

Nesta semana, vários noticiários divulgaram que a CGI tem longo histórico de fracassos em projetos governamentais, o que trouxe questionamentos sobre a contratação da empresa pelo governo americano.

Tópicos: #fail, Barack Obama, Personalidades, Políticos, Estados Unidos, Países ricos, Google, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Empresas de internet, Oracle, Internet, Sites