São Paulo -- Segundo o artigo Alcohol References on Undergraduate Male´s Facebook Profiles (Referências ao álcool em perfis de jovens no Facebook, em tradução livre), das pesquisadoras Katie Egan e Megan Moreno, jovens que publicam fotos de bebidas ou dizem estar bebendo possuem mais contatos na rede social do que aqueles que não o fazem. 

O artigo foi publicado no American Journal of Men´s Health. “Nossa hipótese é a de que, como o álcool entre os estudantes universitários é um fator de aceitação social, poderia haver uma correlação direta no mundo das redes sociais”, afirmou Katie. De acordo com o estudo, as referências ao álcool estavam presentes em 85% dos perfis. O estudo analisou as contas de 225 universitários com idade média de 19 anos.

Em média, cada pessoa citava bebidas 8,5 vezes, seja por meio de fotos ou mensagens de texto. Nos perfis de estudantes com idade legal para beber (21 anos nos Estados Unidos), o índice é 4,5 vezes maior em relação aos menores.

O estudo concluiu ainda que, quanto maior o número de referências feitas à bebida, mais amigos tem a pessoa. A publicação de fotos de festas, baladas e comemorações é uma das práticas mais comuns entre os usuários do Facebook. O objetivo do estudo é encontrar formas de prevenir o consumo excessivo de álcool entre os universitários.

Tópicos: Ciência, Facebook, Redes sociais, Empresas, Internet, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Empresas de internet