São Paulo – Popular no início dos anos 2000, o site Fotolog saiu do ar no início de janeiro e apagou as fotos dos usuários sem aviso prévio.

A rede social era um espaço online para o compartilhamento de fotos, de certa forma, parecido com o Instagram. Parte de sua remuneração vinha de um plano oferecido aos usuários para que fossem possível receber um número ilimitado de comentários. 

Segundo a BBC, desde o ano passado, vários brasileiros enfrentavam problemas para apagar suas fotos no Fotolog. Quando o internauta pedia para que a senha fosse reiniciada, ele nunca recebia o e-mail com o link para realizar essa tarefa, impossibilitando a remoção das imagens.

As páginas oficiais no Facebook da francesa Hi-Media e da empresa que comprou por 90 milhões de dólares na década passada, o Fotolog, não emitiram nenhum aviso quanto ao fim da rede social. Também não há comunicados no site da Hi-Media. 

Tópicos: Fotografia, Internet, Redes sociais