Ford, General Motors e Volkswagen deixaram claro que apostam nos veículos elétricos para o futuro, apesar de se tratar de uma pequena porção da indústria global.

Alguns dos automóveis apresentados no Consumers Electronics Show (CES) de Las Vegas foram conceitos ou protótipos, mas a GM mostrou a versão final de seu Chevrolet Bolt, cuja produção vai começas neste ano e que se espera que seja um grande sucesso devido a seu preço "acessível". Segundo o previsto, o Bolt estará à venda no final do ano.

Já a Volkswagen aproveitou o grande salão de eletrônicos para reinventar sua mítica Combi, o utilitário fetiche dos hippies, em um protótipo elétrico e conectado, que antecipa os transportes do futuro.

A fabricante alemã disse que espera que os modelos elétricos estejam nas ruas antes do final desta década.

A nova Kombi foi modernizada, mas com inspiração no legendário veículo que viveu seus anos de glória nas décadas de 1960 e 1970, com motor na parte de trás e linhas arredondadas.

A Ford anunciou que planeja investir 3,5 bilhões de dólares nos próximos cinco anos no desenvolvimento de carros elétricos, fixando como meta a produção de 13 veículos híbridos para 2020.

Outros fabricantes também se comprometeram com os carros elétricos, e percebem como o setor ganha espaço, embora no fim de 2014 só representassem cerca de 0,08% da frota global.

Tópicos: Autoindústria, Setores, Indústrias em geral, Indústria, Carros, Carros elétricos, Veículos, Carros verdes, Guia de Carros