São Paulo - Foi-se o tempo em que dicionário era sinônimo para livrinho quadrado cheio de palavras e significados. Na era da internet, o Dicionário Criativo mostra que a ferramenta cresceu e se modernizou.

No site, o usuário que busca um determinado termo é apresentado a conceitos, expressões e até imagens relacionadas àquela palavra.

Criador da startup, Felipe Iszlaji teve a ideia de abrir o negócio quando trabalhava numa agência de publicidade.

“Todos os dias eu me via com vários dicionários sobre a mesa e muitas abas do navegador abertas em diferentes fontes de referência e pensei que poderia juntar todos esses serviços em um só site”, afirma ele.

Além do significado

Além do significado das palavras, sinônimos, rimas, citações e matáforas relacionadas são alguns dos recursos oferecidos pelo Dicionário Criativo.

“Nossa meta é lançar uma nova janela a cada 4 meses", afirma Iszlaji. Até agora, já são nove as abordagens possíveis para cada palavra procurada no site.

O modelo de negócios do serviço online prevê que, no futuro, parte das funcionalidades sejam pagas pelos usuários.

Outra fonte de receita prevista são as palavras patrocinadas, por meio das quais empresas poderiam promover suas marcas - incrementando o conteúdo relacionado àqueles termos.

Por trás da iniciativa, estão parceiros como o Lexicon e a Getty images. O primeiro é responsável por fornecer o significado dos termos, enquanto a segunda abastece o site com imagens relacionadas à cada palavra.

Tópicos: Internet, Serviços online, Sites, Startups