Aguarde...

Entrevista | 26/05/2013 12:53

Para a Proteste bloqueio de celular pirata é exagero

Para Ruy Bottesi, presidente da Associação dos Engenheiros de Telecomunicações, seria necessário que a Anatel comprovasse a necessidade do sistema de bloqueio

Monica Campi, de

Getty Images

Mulher usando celular

Segundo especialista, celulares piratas poderiam, em tese, prejudicar a qualidade do serviço, mas para fabricantes, não seria viável eocnomicamente colocar no mercado aparelhos com especificação fora das normas de telecomunicações

São Paulo - A partir de 2014 as operadoras de telefonia móvel poderão bloquear as ligações feitas a partir de celulares piratas - ou simplesmente não homologados no país - no Brasil.

A implementação do sistema custará mais de R$ 10 milhões às operadoras e faz parte do plano de investimentos das teles para melhorar a qualidade do serviço no país. O objetivo é reduzir a quantidade de reclamações contra os serviços de telecomunicações.

A Anatel irá desenvolver um sistema em conjunto com o Sindicato Nacional das Empresas de Telefonia e de Serviço Móvel Celular e Pessoal (Sinditelebrasil), que será utilizado pelas teles. No entanto esse procedimento ainda não foi finalizado pelas instituições.

INFO conversou com o especialista Ruy Bottesi, presidente da Associação dos Engenheiros de Telecomunicações (AET) e conselheiro da Proteste, para saber qual modelo poderia ser adotado pela Anatel.

No entanto, para o especialista essa determinação é um exagero e antes disso seria necessário que a Anatel mostrasse relatórios e dados estatísticos que comprovassem a necessidade de implantar um sistema de bloqueio no país.

Os celulares piratas podem de fato prejudicar a qualidade do serviço das Teles?

Em tese pode prejudicar uma vez que um aparelho celular possui um transmissor que emite radiofrequência. Porém, não temos conhecimento de fabricante que tenha colocado aparelhos no mercado com especificação fora das normas de telecomunicações, pois isso não seria viável economicamente. Por outro lado os equipamentos de recepção das operadoras estão preparados para não estabelecer comunicação caso o aparelho celular opere fora das características do padrão de telecomunicações, de modo a não haver danos na rede de telecomunicações.

Acha possível o bloqueio de celulares piratas? Como isso poderia ser realizado na prática?

O bloqueio pode ser feito através do IMEI (International Mobile Equipment Identity) que é um número de identificação global e único para cada telefone celular. O bloqueio é possível caso a operadora adote o procedimento de permitir a comunicação de aparelhos somente certificados pela Anatel mediante consulta de banco de dados de registro de identidade alimentado pelos órgãos credenciados pela certificação.

Comentários (0)  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados