São Paulo- O sucesso de Elon Musk no lançamento de foguetes espaciais reutilizáveis significa que a Rússia precisará baratear seus próprios projetos em um momento em que o país, sem dinheiro, está tentando conservar sua fatia desse mercado, disse o chefe da indústria de defesa do país.

“Hoje, o principal objetivo é tornar o espaço barato”, disse o vice-primeiro-ministro Dmitry Rogozin, responsável pela defesa, em uma entrevista na quarta-feira à Rossiya 24 TV em Moscou.

“Os concorrentes estão pisando nos nossos calos. Veja o que o bilionário Musk está fazendo com os projetos dele. É muito interessante, são bem feitos, e nós respeitamos o trabalho dele”.

Rogozin fez os comentários depois que a Space Exploration Technologies Corp., de Musk, realizou pela primeira vez o lançamento e a aterrissagem bem-sucedidos de uma nave espacial reutilizável.

O magnata sul-africano afirma que essa tecnologia reduzirá significativamente os custos dos lançamentos espaciais.

Ao mesmo tempo, o setor espacial russo foi sistematicamente prejudicado pelo financiamento insuficiente e pela fuga de talentos depois do fim da União Soviética, além de ter sofrido uma série de fracassos em lançamentos espaciais nos últimos anos.

A Rússia é um dos líderes mundiais no setor multibilionário de transporte espacial civil.

Tópicos: Elon Musk, Espaço, Ciência, Europa, Rússia, Ásia