Aguarde...

Aids | 03/10/2013 18:46

Cocaína diminui resistência ao vírus HIV, diz estudo

Os testes foram feitos com linfócitos de doadores saudáveis em comparação a amostras expostas a cocaína por três dias

Marcus Vinícius Brasil, de

Getty Images

Representação do vírus da Aids, o HIV

O vírus da Aids, o HIV: pesquisadores identificaram um tipo de célula do sistema imunológico que fica mais sensível ao vírus após a ingestão da droga

Um novo estudo sugere que o consumo de cocaína pode tornar o usuário mais suscetível ao HIV.

A pesquisa vem da Universidade da Califórnia, onde pesquisadores identificaram um tipo de célula do sistema imunológico que fica mais sensível ao vírus após a ingestão da droga.

"Nossos estudos se concentraram em uma única população de células imunes, os linfócitos T CD4, que podem ser alvo do HIV, mas são resistentes ao vírus", diz o Dr. Dimitrios Vatakis, pesquisador chefe, em entrevista ao Huffington Post.

"Mostramos que a exposição à cocaína sensibiliza essas células e aumenta suas chances de infecção."

Os testes foram feitos com linfócitos de doadores saudáveis em comparação a amostras expostas a cocaína por três dias.

As células expostas se mostraram menos resistentes ao vírus, sugerindo que, além de mais frágeis, elas também podem facilitar o espalhamento do vírus.

O Estudo foi publicado no Journal of Leukocyte Biology.

Comentários  

Editora Abril

Copyright © Editora Abril - Todos os direitos reservados