Haia - Um "carro voador" de três rodas, que pode chegar a 180 km/h tanto em terra quanto no ar, foi testado com sucesso pela primeira vez na Holanda, anunciou nesta terça-feira o construtor holandês.

"O primeiro voo do protótipo PAL-V foi realizado com êxito em uma base militar holandesa no mês passado", disse à AFP Robert Dingemanse, diretor da sociedade PAL-V, instalada em Raamsdonksveer (leste).

O êxito do voo foi confirmado à AFP pela Universidade de Delft e pelo laboratório nacional aeroespacial, que desenvolveu o aparelho em colaboração com os engenheiros do PAL-V.

A autonomia do PAL-V (Personal Air and Land Vehicle), um avião bimotor similar a um helicóptero, é de 1.200 km em terra e de 500 km no ar. Suas hélices podem ser recolhidas quando o veículo estiver em terra.

O PAL-V, capaz de voar a 1.200 metros de altura, será comercializado a partir de 2014 ao preço de 250.000 a 300.000 euros (325.000 a 390.000 dólares), segundo Robert Dingemanse.

"O que faz dele algo único é que respeita as normas governamentais ao mesmo tempo em seus trajetos por terra e por ar", destacou. "Portanto, não são necessárias novas infraestruturas", acrescentou.

No entanto, o PAL necessitará de 165 metros para decolar de uma pista de 30 metros para pousar.

"Antes, a viagem aérea se baseava em transportes coletivos", lembrou Jacco Hoekstra, decano da faculdade de engenharia aeroespacial da universidade de Delft. "Agora se tornará algo muito mais pessoal", acrescentou.

Outras empresas se lançaram a desenvolver carros voadores, entre elas a americana Terrafugia. A Moller International, também dos Estados Unidos, desenvolve um avião pessoal com decolagens e aterrissagens verticais.

Tópicos: Aviação, Setores, Setor de transporte, Carros, Autoindústria, Veículos, Holanda, Europa, Países ricos