A Apple liberou nesta semana uma nova atualização para o iOS 7. Chegando à versão 7.0.3, o sistema operacional apresenta alguns novos recursos e já não deve mais provocar enjoos em ninguém. Isso porque as animações de zoom que apareciam ao abrir um app podem ser desabilitadas de vez na opção “Reduce Motion”.

Os relatos de náuseas provocadas pela combinação do “parallax” com o zoom começaram a aparecer na web no final de setembro.

Antes do update, era possível desativar apenas o efeito que dava um aspecto 3D à tela – e para contornar o problema, usuários começaram a voltar ao iOS 6, mesmo que para isso tivessem que fazer “jailbreak”.

iCloud Keychain – Além da mudança curiosa, a atualização traz uma funcionalidade que fora anunciada junto com o sistema operacional: o Keychain. O recurso funciona como um banco de senhas conectado ao iCloud, e ideia é, com uma palavra-chave única, dar ao usuário acesso a todas as outras cadastrada, de redes sociais, bancos e sites diversos.

Não é um conceito novo, convenhamos, mas o serviço tem como diferencial a conexão com o Safari do iOS, que permite preencher automaticamente os campos de senhas.

O próprio navegador, aliás, ganhou um “Password Generator” e passa agora a sugerir palavras-chave únicas e difíceis de decifrar para suas contas na web – que, claro, são guardadas no Keychain.

Outras mudanças – Um recurso que volta ao sistema com a atualização é o que permite pesquisar na web e na Wikipédia usando o Spotlight. A função fora desabilitada com a chegada do iOS 7, deixando a barra de pesquisa limitada apenas ao armazenamento dos iGadgets.

A Apple ainda corrigiu um bug do iMessage que impedia alguns usuários de enviar mensagens ou até abrir o aplicativo. E, na segurança, uma falha da tela de bloqueio foi corrigida, assim como outra que permitia a estudantes acessarem sem restrições iPads teoricamente “supervisionados” por escolas. O iOS 7.0.3 deve chegar a todos os aparelhos no decorrer da semana.

Tópicos: Apple, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, iOS, iPhone, Smartphones, Celulares, iPhone e iPad