Ciência maluca

São Paulo – Anualmente, a Ciência celebra uma de suas premiações mais respeitadas, e não menos curiosas: o Ig Nobel. Descrito pela icônica revista Nature como “o ponto alto do calendário científico”, o prêmio tem como objetivo fazer com que o público dê risada, enquanto pensa sobre tópicos que, de outra forma, não seriam considerados.

A edição 2013 do Ig Nobel aconteceu nesta semana no auditório da Universidade de Harvard, Estados Unidos. A cerimônia, que acontece desde 1991, contou com a presença de nomes como Roy Glauber, Nobel de Física em 2005, e Eric Maskin, Nobel de Economia em 2007. Confira aqui os grandes vencedores. 

Tópicos: Ciência, Física, Medicina, Neurociência, Pesquisas, Química