A Apple removeu da App Store o aplicativo CoinBase, usado para negociação de bitcoins. Segundo o site TechCrunch, a empresa de Cupertino não deu nenhuma explicação para a startup que publica o app.

“Não temos certeza do motivo para ele ter sido removido e nós pedimos esclarecimentos para a Apple", disse Brian Armstrong, CEO do CoinBase.

Esta não é a primeira vez que apps para negociação de Bitcoin são barrados pela Apple. Apps como Blockchain Wallet e BitPak foram impedidos de serem publicados. A alegação era de que as aplicações não preenchiam todos os requisitos legais necessários.

O bitcoin é uma moeda virtual, cujas negociações são feitas por meio de carteiras digitais criptografadas. Não possui controle e nem banco central emissor. Os apps possibilitam, entre outras coisas, rastrear o dinheiro, acompanhar cotações e realizar pagamentos.

Tópicos: Apple, Empresas, Tecnologia da informação, Empresas americanas, Empresas de tecnologia, Bitcoin, Tecnologia