São Paulo - Quem não curte dividir uma corrida de táxi? Pensando em economizar, um grupo de amigos criou o aplicativo “Bandeirada Cultural”, sistema de compartilhamento de táxi para os principais eventos na cidade de São Paulo.

O sistema tem quatro etapas no site: na primeira, a pessoa define o evento que irá, depois coloca o local de origem e na terceira escolhe se quer ou não compartilhar a bandeirada e, por fim, chama o táxi. Com o aplicativo, os usuários dividem a corrida com pessoas próximas à sua localização.

A startup teve um investimento de 300 mil reais dos empreendedores André Insardi, Eduardo de Rezende Francisco, Moisés de Oliveira Correia e Ricardo Levy Barreto.

Os empreendedores falaram, por e-mail,  sobre a iniciativa.

INFO: O Bandeirada Cultural teve o seu lançamento primeiro na web e não como um aplicativo direto para smartphones. Teve algum motivo especifico?

Bandeirada: Decidimos lançar  inicialmente o agendamento via website, devido à nossa experiência nas empresas, em que o percentual de chamadas por esse canal é maior do que via aplicativo ou callcenter. Como estamos apenas com eventos culturais, quando o usuário compra o ingresso para o evento ele tem em mente o meio de transporte que irá utilizar. Assim, nossa ideia é oferecer o Bandeirada Cultural como uma opção de transporte para o evento deixando que o usuário tome a decisão por utilizar táxi no momento da compra do ingresso.

INFO: Como surgiu o Bandeirada Cultural?

Bandeirada: A iniciativa do Bandeirada Cultural surgiu da demanda dos clientes do Meia Bandeirada [site que possibilita funcionários de uma mesma empresa dividirem o táxi] e de muitas outras pessoas que pediam o app. Estamos cientes que nossa solução tem um grande potencial para amenizar os problemas de custo pessoal e da lei seca, por isso decidimos fazer o Bandeirada Cultural para ajudar a resolver o problema e atender a demanda de nossos clientes.

INFO: Alguns eventos já foram agendados como peças de teatro e shows. Vocês pretendem buscar mais eventos culturais, por exemplo, partidas de futebol? Existe alguma parceria?

Bandeirada: Sim. A ideia é atualizar constantemente as opções de eventos. Para isto contamos com a parceria com o Catraca Livre, nosso parceiro neste projeto. No início estamos procurando manter o número de eventos limitado para aprendermos com a demanda e melhorarmos sempre o serviço oferecido.

INFO:  Existe uma data definida para acessar o aplicativo em smartphones?

Bandeirada: O aplicativo para Android e iOS está em fase de testes e tem previsão de lançamento até o final de outubro.

INFO: Com a Copa do Mundo no Brasil em 2014, o Bandeirada Cultural tem algum projeto especial?

Bandeirada: Para o ano que vem planejamos disponibilizar a chamada de táxi para os estádios nas cidades onde o Bandeirada Cultural estiver operando.

Tópicos: Apps, Entrevistas, Táxis, Transportes, Mobilidade urbana