São Paulo - Muito se fala sobre a tecnologia como a grande vilã das relações pessoais, aquela que veio para acabar de vez com a proximidade "real" entre as pessoas, e em certa medida, dependendo do ponto de referência, os avanços tecnológicos de fato podem mesmo ser causadores de pequenas catástrofes como um transformar a boa e velha conversa de bar em um monólogo.

É inegável, no entanto, que dominar a técnica é, desde sempre, a melhor forma de facilitar a vida do ser humano.

Um exemplo de como utilizar a tecnologia para este fim é o Aipoly Vision, um aplicativo que promete ajudar deficientes visuais a "enxergarem" o mundo a sua volta.

Compatível com dispositivos iOS, a ferramenta faz uma leitura de elementos através da câmera do celular e os descreve em um áudio aos usuários.

A promessa do app é reconhecer e transmitir os objetos para ajudar no dia a dia de pessoas cegas com um intervalo de tempo de três segundos, como demonstrado no vídeo abaixo. Confira:

O app é gratuito e, por enquanto, só está disponivel para download em iOS.

Tópicos: Apps, Cegos, Celulares, Indústria eletroeletrônica, Pessoas com deficiência, Tecnologia