São Paulo - Cuidar da saúde mental ainda não é unanimidade entre os brasileiros, mas quem se interessa geralmente se depara com informações pouco esclarecedoras ou difíceis de encontrar.

Além disso, há um distanciamento entre quem busca ajuda e os profissionais de saúde mental. Conectada e colaborativa, a internet serve bem aos propósitos de reunir quem precisa e quem pode prover ajuda.

E uma das soluções oferecidas é o aplicativo para celular e tablet redepsi.co, disponível gratuitamente.

A redepsi.co é um buscador de serviços e profissionais de saúde mental (psiquiatras, psicólogos, psicanalistas, psicopedagogos e acompanhantes terapêuticos), além de agregador de informações.

Ao navegar pelo aplicativo, é possível localizar profissionais pelo Brasil; ver um passo a passo de como solicitar medicamentos de alto custo no SUS; buscar unidades do CAPS (serviço comunitário de saúde mental do SUS); encontrar instituições de ensino e pesquisa, além de escolas com programa de inclusão diferenciada; localizar telefones e endereços de conselhos tutelares; consultar a CID-10 (10ª edição da Classificação Internacional de Doenças), da Organização Mundial de Saúde; e acessar sites que tragam assuntos específicos como depressão, ansiedade, autismo, psicose e esquizofrenia.

Os conteúdos são colaborativos e os profissionais podem se cadastrar gratuitamente, por este formulário. Como foi criado no fim de 2015, o aplicativo ainda concentra mais informações de profissionais e serviços em São Paulo, mas a ideia é mapear todo o país.

O aplicativo pode ser baixado aqui.

Tópicos: Apps, Bem-estar, Internet, Profissões, Psicologia, Saúde