São Paulo – A Airbus registrou uma patente que promete aumentar o conforto das pessoas obesas. Nomeado de “assento de passageiros com banco reconfigurável”, o documento prevê os assentos das aeronaves como bancos e, não, como cadeiras individuais.

Segundo a patente, a ideia consiste em proporcionar um assento sem divisórias fixas que pode ser configurado rapidamente, permitindo múltiplas permutações. Os cintos de segurança, por exemplo, poderiam ser ajustados para acomodar dois adultos e duas crianças ou dois adultos grandes.

A Airbus afirma no documento que os bancos podem ser "adaptados às necessidades do operador" e "às exigências de grupos específicos", incluindo idosos, passageiros com excesso de peso e pessoas com mobilidade reduzida.

United States Patent and Trademark Office

Patente da Airbus para assentos para obesos

Essa não é a primeira patente da Airbus que tenta criar mais espaço para os passageiros de suas aeronaves. Em outubro de 2015, a empresa patenteou uma ideia que pretendia empilhar os usuários de seus aviões uns em cima dos outros.

No mesmo ano, ela fez o pedido de uma patente para recipientes de armazenamento que seriam colocados sob os assentos dos passageiros. Porém, a partir das imagens do documento, nota-se que as caixas reduziriam ainda mais o espaço para as pernas dos usuários.

Outro projeto arquivado pela companhia inclui um avião que é quatro vezes mais rápido do que a velocidade do som. Até agora, nenhuma dessas ideias saíram do papel. 

Tópicos: Airbus, Empresas, Aviação, Empresas de tecnologia, Empresas holandesas, Inovação, Patentes, Tecnologia