Montblanc aposta em smartwatches e vendas surpreendem

O aparelho, que custa US$ 300 e atualmente só é vendido junto com relógios Montblanc novos

O CEO da Montblanc, Jérôme Lambert, disse que as vendas iniciais da pulseira inteligente para relógios da marca estão superando as expectativas. A empresa relojoeira está respondendo à chegada do relógio inteligente da Apple Inc.

A chamada “e-strap” (pulseira eletrônica) chegará às lojas de Hong Kong em meados de outubro e até o fim do mês na China Continental, o maior mercado de exportação da companhia, disse Lambert em entrevista na feira de relógios em Hong Kong.

O aparelho, que custa US$ 300 e atualmente só é vendido junto com relógios Montblanc novos, estará disponível como um acessório separado antes do fim do ano.

Lambert não quis revelar os montantes de vendas desse produto, que chegou ao mercado europeu em agosto e sairá à venda nos EUA no dia 9 de novembro.

A Montblanc é uma das primeiras fabricantes suíças de relógios de luxo a incorporar recursos digitais em resposta ao lançamento do Apple Watch neste ano.

A ideia é que a pulseira pode se tornar obsoleta, mas o relógio não. O aparelho possibilita que os usuários leiam e-mails e monitorem atividades físicas, além de ajudar a tirar selfies melhores.

Para não canibalizar seu mercado de relógios mecânicos de luxo, a Montblanc desenvolveu o produto como um acessório que acompanha os relógios TimeWalker da marca, que custam de US$ 3.700 a US$ 5.800.

“A pulseira oferece todos os benefícios do relógio inteligente sem que eles estejam no relógio em si”, disse Lambert.

O Apple Watch vai derrubar o setor relojoeiro suíço? Só o tempo dirá, disse Lambert.

“Ainda é cedo demais para saber o quanto ele vai perturbar o setor”, disse ele. “No setor de telefonia, a vida útil de um produto é de 18 meses. No setor relojoeiro, é de 180 anos”.

A marca Montblanc pertence à Cie. Financière Richemont SA, que também é dona de marcas como Vacheron Constantin, Piaget e IWC. As ações da Richemont subiram 2,3 por cento, para 75,40 francos, às 15h23 em Zurique.