Microsoft vai parar de vender PCs com Windows 7 em 2016

Todos os notebooks e computadores virão com Windows 10 instalado

São Paulo – Com o lançamento do Windows 10, a Microsoft estabelceu uma data limite para que as fabricantes de computadores deixem de vender produtos que venham com sistemas mais antigos.

A partir de 31 de outubro, Dell, HP, Lenovo, Samsung e outras companhias terão que deixar de comercializar notebooks e PCs com sistemas Windows 7 e Windows 8.1. Para a edição 8 do sistema, o prazo é ainda mais curto, terminando em 30 de junho do ano que vem. Todos os aparelhos deverão chegar aos consumidores com o Windows 10 já instalado.

As máquinas que têm versões originais dos sistemas 7, 8 e 8.1 podem escolher fazer o upgrade ou não, mas a Microsoft vai começar a baixar o arquivo de instalação do Windows 10 para facilitar a instalação – quando o usuário quiser realizá-la. A versão mais recente do sistema foi lançada em 29 de julho de 2015.

Como indica o ZDNet, normalmente, a Microsoft estabece um prazo para o fim das vendas de produtos com sistemas operacionais antigos dois anos após o lançamento de um novo.

Vale lembrar que a empresa tem a meta declarada de atingir 1 bilhão de aparelhos rodando o Windows 10 em 2017.