Microsoft revela smartphones de luxo e laptop ultra-fino

Scanner de íris em smartphones Lumia e Surface destacável são lançamentos destaque

A Microsoft revelou nesta terça-feira duas versões de luxo dos smartphones Lumia e um laptop apresentados como as vitrines do Windows 10, a nova versão do sistema operacional, com a esperança de recuperar o caminho no mercado dos telefones celulares.

O Lumia 950 tem uma tela de 5,2 polegadas de alta resolução (Quad HD), 32 gigabytes de memória e uma câmera de 20 megapixels. Será vendido por 549 dólares.

Por 649 dólares, o Lumia 950 XL tem uma tela de 5,7 polegadas Quad HD e, também, uma câmera de 20 megapixels. A título de comparação, as câmeras dos últimos iPhone 6S e 6S Plus são de 12 megapixels.

Ambos têm um scanner de íris, para desbloquear o acesso ao aparelho.

Disponíveis a partir de novembro, os aparelhos vêm também com o Windows 10, um novo sistema operacional que pretende ser universal – válido tanto para PC, quanto para aparelhos portáteis, consoles de videogames Xbox e os óculos de realidade virtual Hololens.

A Microsoft ficou para trás no mercado dos telefones inteligentes, dominado por Apple, Samsung e os fabricantes chineses que usam o sistema operacional Android da Google.

Sua fatia de mercado no setor estará perto de 3% neste ano, segundo a consultoria IDC.

Mas a Microsoft continua sua ofensiva dirigida às empresas e lançou também nesta terça o Surface pro 4, uma nova versão do tablet. Por 899 dólares a partir de outubro, terá os mesmos acessórios que o anterior, mas com uma tela maior e um lápis ainda mais preciso.

A empresa com sede em Redmond (oeste) apresentou também um laptop ultra fino, o Surface Book, com bateria de 12 horas de autonomia. Desenhado para competir com o MacBook da Apple, custará a partir de 1.499 dólares e chegará ao mercado em 26 de outubro.