Japoneses poderão pagar contas de luz com bitcoin

A novidade, anunciada após a empresa firmar um acordo com a companhia que opera usinas elétricas no país, ficará disponível a partir de novembro

São Paulo – A companhia japonesa de serviços de bitcoin Coincheck anunciou na segunda-feira, 26, que a população do país oriental poderá pagar suas contas de luz usando bitcoin.

A novidade, anunciada após a empresa firmar um acordo com a companhia que opera usinas elétricas na principal ilha do Japão, que concentra cidades como Tóquio, Osaka e Nagoia, ficará disponível a partir de novembro.

De acordo com a Coincheck, para pagar a conta de luz usando moedas virtuais, será preciso apenas entrar em uma plataforma da empresa – a Coincheck Denki – e transferir o valor para a Marubeni Power Retail Corporation, companhia responsável pelo abastecimento de luz em 17 localidades no Japão.

Quem fizer os pagamentos com bitcoin irá receber um desconto de 6% no valor total da conta. Este é o primeiro passo no Japão para tornar o bitcoin reconhecido como dinheiro tradicional.

A Coincheck já disse que pretende fazer novas parcerias para fazer com que seja possível pagar outros serviços com a moeda digital, como as contas de gás, telefone e internet.