Homem é preso por abastecer carro elétrico em tomada de escola

Kaveh Kamooneh utilizou o equivalente a 5 centavos de dólar em energia elétrica

Um homem foi preso nos Estados Unidos por utilizar a tomada de uma escola para recarregar seu carro elétrico. Kaveh Kamooneh aguardava seu filho de onze anos, que jogava uma partida de tênis, quando foi surpreendido por um policial, que o indiciou por roubo. O incidente ocorreu mês passado, no estado de Georgia.

Kamooneh utilizou a rede elétrica da escola por 20 minutos, o equivalente a 5 centavos de dólar, para abastecer seu Nissan Leaf. Apesar de não ter sido preso na hora, Kamooneh recebeu dias depois a visita de um oficial, que o levou à cadeia, onde passou 15 horas. As informações são da rede NBC.

“Ele disse que me indiciaria por roubo porque eu estava pegando energia, eletricidade da escola”, diz Kamooneh. O acusado se defende, dizendo que ninguém é preso por beber água em um bebedouro, ou por carregar o celular numa tomada pública.

Kamooneh diz que lutará na justiça para que suas acusações sejam retiradas, e que seu caso sirva de exemplo para definir regras mais flexíveis para esse tipo de situação.